Volume 1, Issue 6, December 2013, Page: 53-63
eBook: A Pedagogical Device in Teaching and Learning of Biology and Geology – A Case Study with Students of the 11th Grade
Paula Alexandra Ramos Gonçalves, Escola Básica e Secundária do Cerco, Porto, Portugal
Jacinta Rosa Moreira, Universidade Portucalense, Porto, Portugal
Received: Nov. 30, 2013;       Published: Dec. 30, 2013
DOI: 10.11648/j.ijsedu.20130106.12      View  2275      Downloads  160
Abstract
This work, framed in a study written to obtain the PhD degree, presents the crossing of the results obtained in a search which involved the conception, construction and evaluation of an eBook, developed with 11th grade students. The eBook appeared in the context of the curricular subunit: “Important geological processes and materials in terrestrial environments – Main sedimentary rock formation steps; The sedimentary rocks, historical archives of the Earth”. The aims of this investigation were to conceptualize, organize, implement and evaluate an eBook built in a teaching perspective oriented to the teaching and learning of Biology and Geology and, simultaneously, to find out at which point a pedagogical tool could be made. To the data gathering, we used the active observation, the students’ questionnaires appliance, worked on SPSS, the production of a classroom diary treated through the analysis of its content and the documental analysis of the eBook content.
Keywords
Teaching and Learning, eBook, Geology, Pedagogical Device, Investigation-Action
To cite this article
Paula Alexandra Ramos Gonçalves, Jacinta Rosa Moreira, eBook: A Pedagogical Device in Teaching and Learning of Biology and Geology – A Case Study with Students of the 11th Grade, International Journal of Secondary Education. Vol. 1, No. 6, 2013, pp. 53-63. doi: 10.11648/j.ijsedu.20130106.12
Reference
[1]
Amador, F. (2003) et al. Programa de Biologia e Geologia 11º ou 12º anos. Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias. [Online] Available: http://eec.dgidc.min-edu.pt/programas/biologia_geologia_11_e_12_anos.pdf)
[2]
Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.
[3]
Bernstein, B. (1990). Poder, educación y consciencia. Sociología de la transmisión cultural. Barcelona: El Route Editorial S.A.
[4]
Blandez Angel, J., (1996). La investigación-accion: Un reto para el professorado - Guia práctica para grupos de trabajo, seminários y equipos de investigación. Barcelona, INDE Publicaciones.
[5]
Bottentuit Junior, J. (2010). Concepção, Avaliação e Dinamização de um Portal Educacional de WebQuests em Língua Portuguesa. Tese de Doutoramento, Universidade do Minho, Braga, Portugal.
[6]
Bottentuit Junior, J.& Coutinho, C., Alexandre, D. (2006). [Atas] do Encontro sobre WebQuest. Braga: CIEd, 168-172.
[7]
Cortesão L. & Stoer, S. (1996). A interculturalidade e a educação escolar: Dispositivos pedagógicos e a construção da ponte entre culturas. Inovação, 9. [Online] Available: http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/56270/2/50026.pdf
[8]
Coutinho, C. (2008). Métodos de Investigação em Educação. Consultado outubro, 23, 2012, em http://faadsaze.com.sapo.pt/11_modelos.htm
[9]
Coutinho, C.; Sousa, A.; Dias, A.; Bessa F& Ferreira, M. (2009). Investigação-Ação, metodologia preferencial nas práticas educativas. Métodos de Investigação em Educação. Revista Psicologia, Educação e Cultura, Vol. XIII, pp. 455-479.
[10]
Coutinho, C.; Sousa, A.; Dias, A.; Bessa F& Ferreira, M. (2009). Investigação-Ação, metodologia preferencial nas práticas educativas. Métodos de Investigação em Educação. Revista Psicologia, Educação e Cultura, Vol. XIII, pp. 455-479.
[11]
Guerra, I. (2006). Pesquisa qualitativa e análise de conteúdo. Sentidos e formas de uso. Cascais: Princípia.
[12]
Leite C. & Pacheco N. (2008) Os dispositivos Pedagógicos na Educação Intercultural. InterMeio,13,102-111.
[13]
Leite, C. (1999) "Pontes entre a flexibilidade curricular e uma educação face à diversidade cultural". In Actas do Encontro Integração e Gestão Flexível do Currículo, Guimarães: Centro de Formação Francisco de Holanda. [Online]. Available: http://www.cffh.pt/public/acta3/acta3_8.htm
[14]
Leite, C. (2002). O Currículo e o Multiculturalismo no Sistema Educativo Português. Porto: Fundação Calouste Gulbenkian.
[15]
Leite, C. (2005). O currículo escolar e o exercício docente perante a multiculturalidade - implicações para a formação de professores. In V Colóquio Internacional Paulo Freire (pp 1-16). [Online] Available: http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/2073/2/22729.pdf-
[16]
Lima, M. L. (2007). As Webquests no Ensino/Aprendizagem: Possibilidades limitações na construção de uma nova gramática curricular. Tese de Doutoramento, Universidade do Porto, Porto, Portugal.
[17]
Monteiro, A.; Leite, C. & Lima, L. (2012). Ensinar e aprender com as tecnologias digitais no ensino superior. In Moreira, J.; Monteiro, A. (Org.), Ensinar e AprenderOnline com as Tecnologias Digitais (pp 75-98). Porto: Porto Editora.
[18]
Minhoto P. ; Meirinho, M. (2011). O Facebook como plataforma de suporte à aprendizagem da Biologia. Inovação na Educação e TIC. Instituto Politécnico de Bragança. ,pp. 118-134. [Online] Available em https://comunidade.ese.ipb.pt/ieTIC.
[19]
Moreira, J. (2001). O trabalho de Campo em Geologia com alunos do 11° ano - uma perspetiva inovadora - Da construção de materiais à aprendizagem dos alunos. Tese de Mestrado, Universidade do Porto. Portugal.
[20]
Neves, T. (2006). O efeito relativo de WebQuests curtas e longas no estudo do tema "Importância da água para os seres vivos": Um estudo com alunos portugueses do 5.º ano de escolaridade. Tese de Mestrado. Universidade do Minho. Braga. Portugal.
[21]
Silva, J. (2013). O trabalho prático como um dispositivo pedagógico no ensino e na aprendizagem da Biologia e da Geologia: possibilidades e limitações. Tese de Doutoramento, Universidade Portucalense, Porto, Portugal.
[22]
Stoer, S. e Cortesão, L. (1999). Levantando a pedra. Da pedagogia inter/multicultural às políticas educativas numa época de transnacionalização, Porto: Afrontamento.
Browse journals by subject